TEXTOS DE PESCA - Em Sesimbra, a Ucrânia no seu melhor… (republicação)

 








P



E




 















Comentários

  1. Bom dia Vítor,

    Oh minha nossa senhora dos navegantes!!! Há la cada um.... haja paciência...de preferência da boa!!!
    Gabo-lhe a paciência para estas "coisas"!!!

    Abraço!

    A. Duarte

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde António


      Temos de ter coragem para isto tudo. Foi pena porque lembro-me que havia peixe por todo o lado, e estava com apetite, não era preciso fazer aviõezinhos, ....

      Cheguei agora dos atuns, que hoje não estiveram pelos ajustes. Havia muita isca, cavala miúda e carapau com fartura, mas a zona estava sem actividade nenhuma. Na semana passada, em quatro dias tive os atuns perto três dias....

      Foi ferrado um de cerca de 100 kgs no Tejo, mas foi com um jig, e partiu tudo. O pescador estava a pescar ao robalo, a probabilidade de conseguir era diminuta ou nula.
      Eles andam aí, e mais dia menos dia vamos ser capazes de entalar um dos matulões....


      Amanhã vou pescar para sul, para tentar os pargos.

      Abraço!
      Vitor


      Eliminar
  2. Viva Vítor,

    A beleza da pesca também é isto, raramente existem dois dias iguais.
    Concerteza que mais dia menos dia, a "coisa" irá acontecer!
    Na próxima semana também devo ir fazer o gosto ao dedo!

    Abraço,
    A. Duarte

    ResponderEliminar

Enviar um comentário